terça-feira, 23 de outubro de 2012

SUSTENTABILIDADE?

Observa-se o início de um novo e promissor movimento do mercado, formado por empresas que trabalham de forma integrada aos princípios sustentáveis.
O desenvolvimento sustentável exige uma mudança no teor do crescimento, a fim de torná-lo menos intensivo de matérias-primas e energia, e mais equitativo em seu impacto. Tais mudanças precisam ocorrer em todos os países, como parte de um pacote de medidas para manter a reserva de capital ecológico, melhorar a distribuição de renda e reduzir o grau de vulnerabilidade das crises econômicas. (CMMAD, 1984, p 56)
Mesmo que a maior parte das iniciativas de desenvolvimento sustentável realizadas por empresas sejam basicamente realizadas para cumprir alguma exigência legal ou medidas que possam ser convertidas em campanhas publicitárias para melhorar a imagem e alavancar as vendas, não se pode negar que o saldo final é positivo mas não é suficiente para que ocorra o desenvolvimento sustentável efetivo. O conceito de Triple Bottom Line propõe uma mudança na visão de que o desenvolvimento da empresa é somente baseado no lucro e em melhorias internas e relaciona o seu desenvolvimento com a sociedade e o meio ambiente. As empresas devem estar atentas às alterações no comportamento e nos valores compartilhados pela sociedade. O desenvolvimento sustentável está em pauta e deve fazer parte dos processos estratégicos e de tomada de decisão nas organizações. Empresas que se preocupam com a perenidade do seu negócio poderão ampliar as perspectivas estratégicas frente a questões relacionadas a sustentabilidade.
Ser uma empresa proativa em relação ao meio ambiente, incorporando fatores ambientais nas metas, políticas e estratégias da empresa, considerando os riscos e os impactos ambientais não só de seus processos produtivos, mas também de seus produtos, fazendo com que a proteção ambiental passe a fazer parte de seus objetivos de negócios, tendo o meio ambiente como uma possibilidade de lucro, é o caminho óbvio para o desenvolvimento sustentável. (ALBUQUERQUE, 2009, p. 88).
O QUE A SUA EMPRESA ESTA FAZENDO NESTE SENTIDO???

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Como posicionar a minha empresa no mercado?

No setor de alimentação fora do lar, uma das dificuldades que os empresários enfrentam é em posicionar a sua empresa de uma maneira efetiva para seja lembrada pelo consumidor no momento da escolha.
Segundo Kotler, "O posicionamento consiste no ato de desenvolver a oferta e a imagem da empresa a fim de ocupar um lugar destacado na mente dos clientes-alvo".
Posicionamento é uma postura ativa que "marca" na mente do consumidor a sua especialidade, para que no momento da escolha, ele lembre onde encontrará o que procura.
Muitas empresas confundem os clientes. Com a boa intenção de oferecer "de tudo um pouco" acabam confundindo a cabeça do consumidor.
A minha dica é:
Descubra o que a empresa faz de melhor, concentre os recursos nesta fortaleza, deixe claro para todos qual é o seu negócio e entregue aquilo que prometeu.

terça-feira, 10 de julho de 2012

Novo perfil do consumidor brasileiro de alimentação fora do lar

No final de junho tive a oportunidade de participar do 3º Fórum Food Service Brasil em SP. Abaixo seguem algumas anotações resumidas do que achei mais interessante no evento:
1) RESUMO DO PERFIL DO CONSUMIDOR BRASILEIRO DE ALIMENTAÇÃO FORA DO LAR:

- Os principais destinos dos consumidores para compra de alimentos, em relação à frequência no local de compra são:
a) 66% super/hipermercados
b) 61% padarias
c) 55% restaurantes (redes)
d) 44% restaurantes (independentes)
OBS: tendência forte de investimento de redes de supermercados em lojas com restaurantes e crescimento das padarias como destino de consumo.
- O que o cliente mais valoriza para escolher o local de consumo?
a) 36% produto oferecido
b) 21% preço praticado
c) 19% o estabelecimento
- O que o consumidor entende como “qualidade”?
a) 89% sabor do produto
b) 72% higiene do local
c) 60% aparência do local
- O que o consumidor considera por “alimento saudável”?
a) 68% aparência do produto
b) 54% higiene do local
c) 48% cheiro/aroma do produto
- Quanto aos hábitos de locais de consumo, onde os consumidores costumam realizar as refeições?
a) Café da manhã: 86% em padaria, 45% em lanchonetes, 11% em restaurantes e 10% em lojas de conveniência.
b) Almoço: 87% em restaurantes e 36% em restaurantes por quilo
c) Janta: 80% em restaurantes e 35% em lancherias
- O que o consumidor entende como um “bom ambiente”?
a) 87% um ambiente limpo
b) 67% um bom atendimento/serviço
c) 50% higiene dos funcionários
- O que o consumidor costuma pedir na tele entrega?
a) 91% pizza
b) 44% sanduiche
c) 34% comida chinesa
d) 25% comida “caseira” (fornecimento de congelados ou viandas)
OBS: Tendência de aumento na compra de bebidas alcoólicas junto do pedido de alimentos (cerveja era de 8% e foi para 15%). Consumo de sucos cresceu de 13% para 36%.
- Como o consumidor se informa para escolher o local de pedido de tele entrega?
a) 75 % utiliza folhetos ou informativos
b) 61% por meio de indicação de outros consumidores
c) 58% utiliza a internet (em 2010 eram apenas 18%)
d) 30% utiliza as redes sociais (em 2010 era apenas 1%)
2) ALGUMAS TENDÊNCIAS/NOVIDADES APRESENTADAS:
- Lojas menores/lojas express.
- Conceito de lojas “store in store” (duas marcas complementares juntas).
- Tendências sociais (mais mulheres no mercado de trabalho, aumento da classe C, redução do tempo disponível, maior quantidade de pessoas de idade avançada sem filhos, casas e cozinhas menores, mais jovens consumindo alimentos fora de casa, mais pessoas conectadas o tempo todo, famílias menores, aumento no nº de divórcios).
- Redução da informalidade no setor.
- 35% das empresas que abrem no setor de alimentação fora do lar, fecham em menos de 1 ano e de 100 empresas que abrem no setor de alimentação fora do lar, apenas 3 conseguem ultrapassar 10 anos de mercado.
- Alta rotatividade de mão de obra.
- Redução de custos e aumento da eficiência operacional.
- Busca por ferramentas de fidelização de clientes e aumento de frequência de consumo;
- Consumidores valorizando alimentos “preparados na hora” e “frescor dos alimentos”.
- Food Trucks: restaurantes que operam com unidade móvel oferecendo alguns produtos feitos na hora com objetivo de “divulgar a marca” e a operação principal.
- Restaurantes que valorizam e utilizam fornecedores locais.
- Utilização de cardápio de drinks para estimular o consumo. Pesquisas mostram que cardápios de bebidas com a marca+logo+foto dos produtos pode aumentar em até 40% as vendas. O cardápio ideal de drinks deve ter no máximo 12 produtos.
- Utilização de tecnologia para alavancar as vendas nos estabelecimentos, 25% dos consumidores sinalizam preferir o auto atendimento nas empresas, sendo que 53% destes consumidores preferem que seja por smartphones.
- Utilização de tablets e smartphones como cardápio, emissor de pedido, fechamento e pagamento de conta.
- Preocupação com a sustentabilidade em todos os aspectos, inclusive nos projetos de construção ou reforma de novas operações;
3) COMPLEMENTANDO ESTAS INFORMAÇÕES, SEGUEM ALGUMAS CONCLUSÕES E AFIRMAÇÕES APRESENTADAS POR ALGUNS PALESTRANTES E PAINELISTAS DO FÓRUM:
- Afirmação da “nova classe média” aponta a chegada do consumidor com o perfil “mais por menos”, alterando fortemente os hábitos de consumo.
- A chegada desta nova classe social coloca o preço como fator decisivo para a compra.
- Padarias e suas variantes se firmam como formato de alimentação rápida e conveniente para a alimentação fora do lar.
- “Produto” a ser consumido cresce como principal fator de escolha do local de alimentação.
- Loja de conveniência se fortalece como opção de consumo de alimentos prontos e se afasta do consumo ocasional.
- Buffet por quilo se destaca e se consolida como formato de negócio.
- Crescimento acentuado no delivery (tele entrega) para mais opções de alimentação e com aumento no consumo associado de bebidas.
- Consolidação dos canais digitais como canais de contato, relacionamento, efetivação de vendas/pedidos e de informações para os consumidores.
- Consumidor do sexo feminino se mostra mais fiel ao estabelecimento de alimentação, enquanto o consumidor do sexo masculino esta mais aberto a experimentações.
- O consumidor quer pagar menos pelo “produto/serviço” de sempre, pelo trivial. O consumidor esta disposto a pagar mais, desde que seja algo novo, inovador, diferente ou único.

sábado, 12 de maio de 2012

Consumo Cooperativo

Vale a pena conferir este vídeo da pesquisadora Rachel Botsman sobre como a tendência de consumo cooperativo pode influenciar a vida das pessoas e o mundo dos negócios.
Com a velocidade das mudanças que a internet vem imprimindo no nosso comportamento e na dinâmica de como os negócios são realizados, a possibilidade de cooperação ativa entre consumidores deve ser levado em consideração pelos empreendedores.

Consumo Cooperativo

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Preço Médio da Refeição

Uma informação importante para os restaurantes é conhecer o preço cobrado pelo mercado. Hoje é possível conhecer o preço médio de uma refeição nas principais cidades brasileiros acessando os sites das empresas de vale refeição.
Recomendo dois sites de fácil acesso onde é possivel obter esta informação:
http://www.pesquisaprecomedio.com.br/

http://br.sodexo.com/brpo/services/chequescartoes/empresas/preco_medio/preco_medio.asp?gclid=CPbDg-XWnq8CFcZe7Aod3XZ0Zg

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Tendências da Gastronomia para 2012



Anualmente a NRA (Associação Nacional dos Restaurantes dos Estados Unidos) realiza uma pesquisa com chefs de cozinha e integrantes da Federação Americana de Culinária sobre as tendências em alimentos, bebidas, cozinhas e temas gastronômicos com aproximadamente 1.800 chefs.

Abaixo segue o resumo com as principais informações do relatório anual de tendências da NRA para 2012.

As 20 maiores tendências são:
1)      Utilização de carnes e frutos do mar de fornecedores locais;
2)      Utilização de alimentos (matéria prima) produzidos localmente;
3)      Oferta de refeições opções de cardápio saudável específico para crianças;
4)      Utilização de produtos/alimentos cultivados nos jardins/hortas do próprio restaurante;
5)      Sustentabilidade (econômica, ambiental e social);
6)      Nutrição das crianças;
7)      Oferta de produtos livre de glúten e para pessoas com restrições alimentares;
8)      Oferta de cerveja e vinho de produtores locais/artesanais;
9)      Frutos do mar sustentáveis;
10)  Utilização de grãos integrais em refeições para crianças.
11)  Utilização de novos tipos de cortes de carnes;
12)  Utilização de ingredientes com procedência de origem de produtores rurais certificados;
13)  Unidades móveis para comercialização em eventos e outras oportunidades;
14)  Venda de drinks e destilados artesanais e de micro destilarias;
15)  Sorvetes artesanais;
16)  Foco na alimentação saudável;
17)  Utilização de peixes diferenciados/não tradicionais;
18)  Oferta de frutas e vegetais para crianças;
19)  Mini-menus (versões pequenas para pratos tradicionais);
20)  Coquetéis culinários;

As maiores tendências por categoria:
1)      Aperitivos –Aperitivos com vegetais e aperitivos vegetarianos;
2)      Massas – Massas e noodles sem trigo (massas alternativas de quinua, arroz e trigo sarraceno);
3)      Sobremesas – Sorvetes artesanais e mini sobremesas;
4)      Café da manhã/Brunch – Utilização de produtos de inspiração étnica (asiáticos, mexicanos, etc...)
5)      Cozinhas Étnicas – Culinária de fusão étnica e cozinha peruana;
6)      Outros ingredientes – Queijos e embutidos artesanais;
7)      Bebidas não alcoólicas – Refrigerantes artesanais e chás gelados;

As maiores tendências em tecnologia para restaurantes:
1)      Aplicativos de smartphones para clientes de restaurantes (menus, central de pedidos, etc...);
2)      Utilização de tablets como menu e carta de vinhos;
3)      Utilização de mídias sociais para marketing e programas de fidelidade;
4)      Fechamento de conta e opções de pagamento na mesa dos clientes;


sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Caso do Caminhão

Muitas empresas não fazem uma reflexão sobre as causas do não atingimento das metas, muitas ao menos estabelecem metas.
O "caso do caminhão", extraido do livro Gerenciamento Pelas Diretrizes do Falconi, aborda com clareza este assunto:
Durante uma reunião na empresa de transportes, houve o seguinte diálogo:
Gerente: Estamos com problema de falta de caminhão.
Diretor: (que estava alerta) o seu objetivo é ter muitos caminhões?
Gerente: Não, o objetivo do meu trabalho é transportar cargas.
Diretor: Qual a sua meta?
Gerente: Transportar 120.000 toneladas/mês. Esta é a demanda do mercado.
Diretor: Quanto estás conseguindo transportar?
Gerente: 100.000 toneladas/mês
Diretor: Então qual é o seu problema?
Gerente: Meu problema é: INCAPACIDADE DE TRANSPORTE DA DEMANDA DE CARGA.
Diretor: Ótimo, então vá e resolva o seu problema.
O gerente reuniu-se com a sua equipe e começou a levantar informações. Logo descobriram que os caminhões paravam muito na oficina e na estrada. Descobriram que não havia manutenção preventiva, não havia procedimento para socorro de caminhões na estrada e fazia tempo que não se dimensionava o estoque de peças. Estabeleceram então um PLANO DE AÇÃO com 3 medidas:
- Estabelecer um programa de manutenção preventiva;
- Redimensionar o estoque de peças;
- Estabelecer um programa de socorro;
RESULTADO: após a implementação do plano a meta de transportar 120.000 toneladas foi atingida, com um "detalhe": foi possível ainda reduzir a frota em 15 caminhões!
DEFINITIVAMENTE O PROBLEMA NÃO ERA A FALTA DE CAMINHÕES!

terça-feira, 1 de novembro de 2011

CONVITE – EVENTO DE LANÇAMENTO DO PROJETO TURISMO GASTRONÔMICO NA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE/RS Data: 10/11, quinta-feira Horário: 15:30 as 17:00 Local: Sebrae Metropolitana, Rua João Manoel nº 282 Confirmações: 3213-1586 ou pelo email rogerk@sebrae-rs.com.br O projeto beneficiará 200 empresas do setor de alimentação fora do lar (restaurantes, bares, padarias, lancherias, confeitarias, ...cafeterias e assemelhados). Entre 10 de novembro e 15 de dezembro, selecionaremos as empresas que participarão deste novo projeto. Seguem algumas informações: - Acesso a diagnóstico, cursos, consultorias, seminários, missões empresariais, reuniões e outras ações voltadas ao desenvolvimento do setor; - Diversas ações gratuitas e muitas ações subsidiadas pelo Sebrae em até 80%; - O empresário, em conjunto com o Sebrae, escolhe as ações que vai participar (não é necessário participar de tudo); - As empresas interessadas devem formalizar a adesão ao projeto e fornecer informações para as pesquisas de mensuração de resultados;

sexta-feira, 21 de outubro de 2011


por Fabianni Melo

Arroz Doce! Com esta iguaria básica e popular um empresário norte-americano inovou, reinventou e apresentou combinações inusitadas do doce.

A loja Rice to Richies, ou em português, Arroz para os Ricos, é a única doceria do mundo que vende só arroz doce. A idéia surgiu depois de uma viagem à Itália. Inspirado nas gelaterias italianas, o empresário resolveu criar uma doceria inovadora que oferece diferentes sabores de arroz doce.

Com visual super moderno, cores vibrantes e senso de humor interessante que enfeitam as paredes com frases criativas, a loja oferece 21 sabores deste tradicional doce que ganha um up-grade com coberturas, frutas e geléias. O nome dos sabores chama a atenção pela excentricidade: Chocolate Carnívoro, Entendendo Baunilha, Vida Secreta da Abóbora e Chocolate Abraço de Urso são alguns exemplos.

O doce é servido em potes coloridos com a marca da loja e que podem ser levados para a casa. A embalagem e a colher certamente são um diferencial. Possuem formato ideal para o transporte e consumo do produto, além de serem coloridas e divertidas, podem ser compradas em pacotes com 6 ou 12 unidades vendidos na própria loja.

As porções dos doces variam de tamanho, para quem está de dieta tem a porção DIVA e para quem não está se importando com isso pode experimentar a porção SUMÔ. A criatividade de tornar algo básico em produto “elitizado” faz sucesso entre os nova-iorquinos. Para quem topa conhecer e experimentar coisas diferentes esse é o lugar!

Aproveite a idéia, inspire-se, crie e inove

Postado por Fabianni Melo no Blog do Comércio Varejista SEBRAE em 10/21/2011 03:26:00 

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

96% dos turistas estrangeiros querem voltar ao Brasil


Viajar para o Brasil supera a expectativa de um em cada três turistas estrangeiros. Foi o que mostrou pesquisa do Min. do Turismo. Dos 39 mil entrevistados em 26 estados, 96% manifestaram o desejo de voltar ao Brasil. Serviços turísticos como hospitalidade (97,8%), segurança pública (82,5%) e transporte urbano (81,5%) são os mais bem avaliados pelos turistas, enquanto as piores avaliações foram para preços (60%), telefonia e internet (73,8%) e sinalização turística (76,6%). Os principais motivos que trazem os turistas estrangeiros ao país são o lazer (46,1%), seguido de visitas a amigos e parentes (27%) e negócios e eventos (23,3%). As escolhas dos locais mais visitados estão relacionadas aos motivos das viagens, como é o caso do Rio de Janeiro que está em primeiro lugar quando se trata de lazer, seguido de Santa Catarina, do Paraná, de São Paulo e da Bahia.


Fonte: Revista Exame

sábado, 8 de outubro de 2011

Forma inovadora de alavancar recursos para abrir um restaurante



Dois americanos estão utilizando uma nova forma para captar recursos para a abertura do seu restaurante. Eles  colocaram a ideia e o conceito do empreendimento na internet e através do crowdfunding (Traduzindo para o português seria algo como “financiamento pela multidão”. A ideia é que várias pessoas contribuam, com pequenas quantias, de maneira colaborativa, a viabilizar uma ideia, um negócio, um projeto) estão viabilizando o negócio.
Os investidores/clientes, terão algumas regalias como 25% de desconto, reservas especiais, convites para os eventos especiais do restaurante e o que achei mais legal, o conceito de ter uma "casa fora de casa".
Conheça o site deles:
https://the11s.com

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Que os jovens são o futuro, isso todo mundo sabe.
Mas o que fazer para atingir esse consumidor do presente e do futuro?
Talvez a pesquisa O Sonho Brasileiro possa ajudar. É um estudo sobre o Brasil e o futuro a partir da perspectiva do jovem de 18 a 24 anos. Um estudo aberto, sem viés de consumo, sem fins lucrativos, que visa ouvir a primeira geração global de brasileiros para entender seus valores, a forma como enxerga o país, os papéis que se propõe a desempenhar nele e os cenários futuros em que se vê atuando.
Acessa que é free!
http://osonhobrasileiro.com.br/

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

O Gerente

A. Que é um "problema" ?

- É a diferença entre seu resultado atual e um valor desejado chamado META.

B. A essência do trabalho de um Gerente é melhorar os seus resultados de tal forma que o somatório do seu trabalho assegure ganho de produtividade e, portanto, de competitividade.

C. Logo, a essência do trabalho de um gerente é ATINGIR METAS.

D. Portanto, a essência do trabalho de um Gerente é RESOLVER PROBLEMAS.

E. Resolver problemas é atingir metas.

F. Quanto mais problemas você tem, melhor gerente você é.

G. Quem não tem problemas não está gerenciando.

H. Todo gerente tem que se tornar um EXÍMIO RESOLVEDOR DE PROBLEMAS. Isto é indelegável, pois é a essência do seu trabalho.

Extraído do Livro Gerenciamento da Rotina do Trabalho do Dia a Dia, de Vicente Falconi Campos,

7ª. Edição, 2001, Editora de Desenvolvimento Gerencial.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

The Restauranteur

Em posts mais antigos eu ja falei sobre o Danny Meyer (considerado por muitos o maior empresário de restaurantes dos EUA) e o ótimo livro dele Setting The Table, lançado no Brasil com o nome Hospitalidade e Negócios.
Descobri que no ano passado foi lançado um documentário que durou 12 anos para ser finalizado (1998 até 2010).
O filme conta a história da criação dos dois novos restaurntes de Meyer na época, o Eleven Madison Park e o Tabla, até os dias atuais onde o EMP recebeu o cobiçado título de 4 estrelas do New York Times.
Segue o trailer do filme (em inglês): http://www.youtube.com/watch?v=n2M7Bh8bReM&feature=related

quarta-feira, 24 de agosto de 2011



O 4º Seminário de Gestão para a Gastronomia traz mais uma vez temas relevantes para empresários e pessoas interessadas em iniciar algum tipo de atividade no setor. Evento gratuito e de qualidade, não tem como não participar.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Como ampliar a venda on line!

A Coréia do Sul é um mercado peculiar. Sabendo disso a rede de supermercados TESCO, se ajustou as necessidades dos clientes, mudando até mesmo o seu nome para HOME PLUS. Atualmente a rede ocupa a segunda posição no ranking dos supermercados coreanos. O objetivo da rede é se tornar a nº 1, mas possui bem menos lojas que o atual primeiro colocado.
Como aumentar as vendas sem aumentar o nº de lojas?
Após realizar uma pesquisa profunda sobre o comportamento dos consumidores a TESCO decidiu que teria que levar a loja até os clientes. A estratégia usada foi criar "lojas virtuais" em locais de grande circulação de pessoas, como as estações de Metro. Foram criadas "lojas virtuais" que exibem os produtos no tamanho real, como se fossem prateleiras de lojas reais. A grande diferença é que o cliente pode usar o seu smartphone para comprar os produtos "expostos" utilizando o QR code (um tipo de código de barras) do produto. O cliente compra enquanto espera o metro e a Home Plus entrega o produto na casa do cliente.
O resultado desta ação foi um aumento de 130% nas vendas on line e a aproximação do líder de mercado off line.
O recado principal é OUVIR o cliente e se adaptar as necessidades dele.
Assista o vídeo!
http://www.youtube.com/watch?v=nJVoYsBym88

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Internautas ganham descontos em restaurantes

Dono de restaurante de moscou criou um sistema informatizado de gestao que permite integrar informaçoes das redes sociais, com o gerenciamento da empresa.
O sistema permite identificar e premiar clientes fiéis que recomendam o restaurante para a sua rede e que frequentam o restaurante com os seus amigos.
O sistema iiko (en.iiko.ru/) ja esta rodando em mais de 1.400 restaurantes.

Excelente idéia para monitorar a empresa na web e converter citaçoes em dinheiro no caixa.

Fonte: Reuters Brasil
http://br.reuters.com/article/internetNews/idBRSPE76E0JM20110715

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Culinária de Singapura para o mundo provar

Com o objetivo de divulgar o país através da sua culinária, o pessoal de Singapura montou uma estratégia super interessante. Um restaurante móvel, estruturado dentro de um container de navio vai circular pelo mundo, levando os sabores de Singapura até os consumidores.


O restaurante que infelizmente não vai passar pelo Brasil, ficará em média 3 dias em cada país e em cada localidade o comando da cozinha será realizado por um top chef de cozinha do país.



Uma ótima estratégia para divulgar a cultura do país e atrair visitantes através do paladar.



Imagina uma churrascaria móvel rodando o planeta????!!!!



quarta-feira, 8 de junho de 2011

Tempos Modernos?

- DEVEMOS RECORDAR SEMPRE QUE O MAIS IMPORTANTE EM QUALQUER NEGÓCIO SÃO AS BOAS RELAÇÕES;
- DESPERDICIO DECORRENTE DO ESFORÇO HUMANO ERRONEO, MAL DIRIGIDOS OU INEFICIENTES GERANDO A FALTA DE EFICIENCIA NACIONAL;
- OBJETIVO DA ADMINISTRAÇÃO DEVE SER ASSEGURAR O MAXIMO DE PROSPERIDADE AO PATRÃO E AO EMPREGADO;
- É PRECISO DAR ALTOS SALARIOS AO TRABALHADOR E BAIXO CUSTO DE PRODUÇÃO AO EMPREGADOR;
- A COOPERAÇÃO INTIMA, ESTREITA E PESSOAL ENTRE A DIREÇÃO E O TRABALHADOR É PARTE ESSENCIAL DA ADMINISTRAÇÃO CIENTIFICA.

Estas não são frases de um novo "guru" da administração nem do última edição da revista HSM.
Foram publicadas em 1911 no livro Principios da Administração Científica escrito pelo engenheiro americado Frederick Taylor, considerado por muitos o pai da administração cientifica. Antigo e ignorado por muitos empresários que, infelizmente, ainda vivem no tempo das cavernas.

terça-feira, 31 de maio de 2011

Tablets nos restaurantes




O uso da tecnologia dos tablets tem feito sucesso em alguns restaurantes. O equipamento possibilita que os clientes acessem um "cardápio" mais interativo, que se for bem trabalhado pode ajudar a aumentar as vendas.
Fique ligado nas novas tecnologias, as mudanças estão cada vez mais rápidas!
Assista o video: http://www.youtube.com/watch?v=n28xbJ-NkNM

terça-feira, 10 de maio de 2011

HOTEL OFERECE REFEIÇÕES DE GRAÇA PARA QUEM ESTIVER DISPOSTO A GERAR ELETRICIDADE

O Crown Plaza Hotel, em Copenhague, Dinamarca , oferece uma chance para quem quer fazer uma boa refeição sem deixar de cuidar do planeta. O hotel disponibiliza bicicletas ligadas a um gerador de eletricidade para os hóspedes voluntários. Cada um deles deve produzir pelo menos 10 Watts/hora de eletricidade aproximadamente 15 minutos de pedalada para um adulto saudável. Após o exercício, o hóspede recebe um generoso vale-refeição: 26 euros, aproximadamente 60 reais.
Fonte: http://hypescience.com/

segunda-feira, 4 de abril de 2011

A cozinha é a vitrine!


No comércio a vitrine tem a função de atrair o cliente, passar a mensagem da loja e comunicar o que esta acontecendo dentro da empresa. Nos restaurantes, a cozinha normalmente ficava escondida no fundo do imóvel, as vezes até no sub solo. Agora alguns restaurantes estão usando a cozinha como a vitrine da empresa. A placa de "visite nossa cozinha" não é mais necessária para quem usa este conceito. A cozinha fica a vista dos clientes e todos são naturalmente "convidados" a acompanhar a eleboração dos pratos, sem deixar de conferir o cuidado da equipe da cozinha com a manipulação dos alimentos.

Este é um diferencial interessante que além de encantar os olhos dos consumidores, evidencia que a empresa literalmente não tem nada a esconder.


Confira a matéria do Estadão sobre esta tendência dos restaurantes paulistas: http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20110404/not_imp701349,0.php

quarta-feira, 2 de março de 2011

Será esta a solução para o problema com a mão de obra?

Uma rede de lanchonetes da China esta colocando robôs na cozinha para prepararem os alimentos servidos para os clientes.
Com tanta gente na China, será que eles também tem problemas de mão de obra como os restaurantes e bares do Brasil?
Os "colaboradores cibernéticos" preparam os pratos e lavam a louça suja em apenas 3 minutos e o melhor...sem reclamar, faltar ao trabalho ou pedir aumento!
Pelo jeito os proprietários da empresa estão satisfeitos com os novos funcionários, pois pretendem colocar robôs em todas as 100 filiais da empresa espalhadas pela China.
Será esse o nosso futuro?

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

A alimentação fora do lar em franco crescimento

Pessoal,
na última edição da Revista Exame saiu uma matéria super interessante sobre o setor de alimentação fora do lar. Abaixo segue um trecho:
- No total, o setor de alimentação fora do lar movimentou 180 bilhões de reais no ano passado — 79% mais que há cinco anos. O fenômeno está relacionado a mudanças de hábito da população. O brasileiro passou a comer mais fora de casa. Segundo o IBGE, do total do orçamento das famílias gasto com alimentação, 31% são aplicados fora do lar — em 2002, a porcentagem era de 24%. A previsão é que, em 2014, esse número atinja 38%, valor próximo ao dos Estados Unidos.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Atitude!

Estava pensando na principal diferença entre os empresários de sucesso e os que ainda não chegaram lá. As vezes são empresários do mesmo segmento, atuam no mesmo mercado, tiveram oportunidades semelhantes, mas um prospera mais que o outro.
Vejo que ambos tem as mesmas informações, tem conhecimento e habilidades similares, mas mesmo assim, um prospera mais que o outro.
Onde está a diferença?
Na atitude.
Um sabe que tem que fazer e faz.
O outro sabe que tem que fazer mas deixa pra depois, não faz, ou pior, põe a culpa na equipe pelo seu desastre.
Seja a mudança que você deseja ver no mundo! (Mahatma Gandhi)
Um ótimo final de ano e um excelente 2011 a todos!
abraços
Roger

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Todos Queremos Ser Jovens!!!


Muito bom esse vídeo que esta circulando na internet! O filme é o resultado de diversos estudos realizados pela empresa especializada em tendências de comportamento e consumo Box1824.
Estes são alguns pontos interessantes do vídeo:
- Os jovens representam novas linguagens e comportamentos influenciando diretamente os hábitos de consumo;
- Os de 18 a 24 anos estão no topo da pirêmide de influência. As pessoas de 10 a 17 e de 25 até 45 aspiram ser como eles;
- São 2,3 bilhões de consumidores com um grande poder de consumo;
- Mais do que nunca, para entender mundo atual, é preciso entender estes jovens. Eles são os catalisadores das grandes mudanças.

E você vai ficar ai parado??? Que ação você está fazendo para atrair estes consumidores???

terça-feira, 9 de novembro de 2010

O Empresário x Sites de Compras Coletivas

A velocidade com que os negócios são afetados pela internet ainda me espanta. Há tres meses atras eu não sabia do que se tratava os sites de compra coletiva. No ultimo mês, algumas empresas me procuraram para oferecer este serviço para os bares e restaurantes participantes do projeto Polo Gastronomico de Porto Alegre e tive a oportunidade de conhecer esta ferramenta. Já participei de varias reuniões e encontros onde o objetivo era pensar em estratégias para atrair clientes de uma forma mais efetiva e com menos custo. Em nenhuma delas sequer chegava-se a mencionar uma ferramenta como esta. Atrair 5.000 novos clientes em 24 horas. Não é piada, aconteceu com um restaurante que conheço. Outra atraiu mais do que isso, não estava preparada, dizem que quase quebrou. Acho que esta ferramenta deve estar alinhada ao planejamento estrategico da empresa. Alguns devem usar, outros não. Cada empresa tem a sua estratégia e cada uma deve analisar se a ferramente se encaixa no seu empreendimento. Acho que pode ser util para lançar um novo serviço ou produto, um horario diferenciado, aproveitar dias ociosos, explorar produtos com alta rentabilidade. Mas principalmente, quem for usar, deve conhecer muito bem os seus custos. Treinar a equipe, se preparar para receber bem o cliente, vender outros produtos e serviços (já que ele esta comendo de “graça“), cadastrar o cliente para pesquisa-lo e buscar a fidelizaçao, devem ser açoes alinhadas a promoçao.
Algumas empresas já estao lucrando muito com esta ferramenta, outras não querem ouvir nem falar. Eu defendo que vale a pena pelo menos conhecer a ferramenta e pensar no assunto.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Um empresário avesso ao lucro?

Ja conheci muitos empresários com idéias estranhas, mas um que fosse avesso ao lucro eu ainda não conhecia.
Zé Maria é o proprietário do Vermelho 23, um bar/pub tradicional de Porto alegre. Ele coloca em prática o avesso de tudo que é pregado nos cursos de Adminitração de Empresas e Empreendedorismo.
E afinal, quem é que esta certo?
Todo mundo quer ser feliz...não?
Sucesso é atingir os teus objetivos ou o objetivo que outros acham que você deve atingir?

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

O problema é a minha equipe?

Vejo muitos empresários reclamando dos seus colaboradores. Dizem que as pessoas não fazem as coisas da maneira correta, que não zelam pelos bens da empreasa, que não cuidam de equipamentos, que não atendem os clientes da maneira correta e até que "metem a mão" no dinheiro da empresa.
Pensei no assunto e acho que tudo pode ser traduzido por aquela antiga frase "faça o que eu digo mas não faça o que eu faço". A falta de liderança ou a presença de liderança despreparada faz com que as pessoas erradas sejam selecionadas, que as pessoas certas estejam no lugar errado, ou ainda pior, que as pessoas erradas estejam fazendo a coisa errada.
A culpa é da peça ou da engrenagem? Como corrigir isso?
Preparar, formar líderes e oportunizar que as pessoas certas, identificadas com a missão da empresa possam contribuir com as melhorias necessárias para que a empresa encontre ou retome o caminho do sucesso.
Ter um canal aberto de comunicação (que funcione, que seja real e que esteja impregnado na cultura da empresa), sem filtros, ruidos, mentiras e sem a cultura do medo entre funcionários, gerentes, proprietários e clientes é um bom começo.
O lider deve dar o exemplo e servir os seus liderados.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Fidelizar o cliente é cumprir a sua promessa!!!

Interessante um texto publicado pela Harvard Business Review onde se coloca em cheque as empresas que tentam mimar os clientes. De acordo com o texto, o alto investimento em supérfluos com a intenção de superar a expectativa dos clientes não tem o resultado esperado. O trabalho mostra pouca relação da satisfação com a fidelização.
O autor defende que a lealdade tem muito mais a ver com a capacidade de honrar a sua promessa básica (por mais simples que seja) do que com o espetacular que a experiência do atendimento possa ser.
É defendida a relação da qualidade do produto e a marca da empresa com a fidelidade e o atendimento com a infidelidade. Ou seja, o atendimento ruim espanta os clientes. O bom atendimento, isolado, não garante a sua volta. A menos que esteja conectado com a qualidade do produto e a marca da empresa. O texto conclui que encantar o cliente não produz fidelidade. O que pode fidelizar é o trabalho que deve ser feito para facilitar a vida, resolver o problema ou simplesmente remover os obstáculos para o cliente.

Qual é a estratégia da sua empresa para fidelizar os clientes?
Leia o texto na integra: http://www.hbrbr.com.br/index.php?codid=273

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Sanduiche feito na hora!

Para provar que o sanduiche foi feito na hora e ao gosto do "freguês", a loja do Burguer King de Santo Amaro, em São Paulo, fez uma campanha em que a foto do cliente sai estampada na embalagem do lanche!
A foto também é enviada em tempo real para um banner digital instalado na loja, acompanhada da frase "Comendo agora...".
O que você achou da idéia?
Eu gostei!

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Tele Sopa Organica de Bicicleta!

A empresa americana Soupcycle (http://www.soupcycle.com/) é um exemplo de empresa amiga do meio ambiente. O sistema é simples, uma assinatura semanal de sopas. Você entra no site e escolhe as suas sopas e acompanhamentos até a meia noite de sexta-feira. Na segunda-feira a empresa compra os insumos de produtores rurais locais e começa a cozinhar. Na terça-feira as sopas são entregues de bicicleta para os assinantes na cidade americana de Portland. Desde que iniciou as atividades ha mais de um ano a Soupcycle ja entregou mais de 10.000 pedidos de sopas percorrendo quase 5.000 km de bicicleta, deixando de poluir o meio ambiente e comprando mais de US$ 30.000,00 com os produtores rurais.
Atualmente são mais de 300 assinantes do tele sopa.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

5 Propostas Para Melhorar a Sua Qualidade de Vida

Um estudo do governo britânico afirma ter identificado cinco atitudes que ajudam a elevar a qualidade de vida. Os cinco pontos propostos pelos pesquisadores fazem referência a pequenas atitudes e formas de pensar que cada indivíduo pode seguir para ter uma maior realização pessoal. Confira as propostas:
Conecte-se: Com as pessoas à sua volta. Com sua família, amigos, colegas e vizinhos. Pense nisso como as pedras fundamentais de sua vida e invista tempo no seu desenvolvimento. A construção destas conexões servirá de apoio e vai enriquecer você todos os dias.
Seja ativo: Caminhe ou corra. Saia à rua. Pedale. Jogue um jogo. Exercícios farão você se sentir bem. Mais importante ainda, descubra uma atividade física que você goste, uma que se encaixe nas suas possibilidades motoras e físicas.
Perceba: Seja curioso. Enxergue a beleza. Note o inusitado. Observe a mudança das estações. Saboreie o momento. Esteja ciente do mundo ao seu redor e o que você está sentindo. Refletir sobre suas experiências vai ajudá-lo a apreciar o que importa para você.
Continue aprendendo: Tente algo novo. Redescubra um interesse antigo. Se inscreva para aquele curso que tanto deseja. Assuma uma responsabilidade diferente no trabalho. Aprenda a tocar um instrumento. Defina um desafio que lhe fará feliz ao alcançar. Aprender novas coisas será divertido e vai torná-lo mais confiante.
Ajudar ao próximo: Faça algo agradável para um amigo ou para um estranho. Agradeça alguém. Sorria. Voluntarie o seu tempo. Olhe para fora, bem como para dentro. Ver a si mesmo, e a sua felicidade, vinculada à de sua comunidade pode ser extremamente gratificante e lhe fará criar conexões com as pessoas ao seu redor.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Pequenas Porções

Nos restaurantes de São Paulo a nova moda são as mini porções. Não se trata de petiscos, mas de receitas tradicionais, agora servidas em quantidades muito reduzidas. A ideia faz sucesso entre os clientes e cada vez mais casas integram a opção ao menu, o cliente pede mais uma porção e, se precisar, outra e outra... e assim vai degustando mais opções do cardápio. O restaurante chinês Ping Pong, no Itaim-Bibi, é um dos poucos a funcionar só com pequenas porções.
Uma idéia interessante que beneficia o consumidor que pode provar “um pouco de tudo” e a empresa que pode aumentar a sua lucratividade e divulgar o seu cardápio para os clientes.

terça-feira, 6 de julho de 2010

Aulas grátis de inglês no seu restaurante preferido!

A rede de restaurantes espanhola Fresc Co (http://www.frescco.com/) esta oferecendo um novo meio para os seus clientes melhorarem os seus conhecimentos da lingua inglesa. A empresa firmou uma parceria com uma escola de inglês para oferecer aulas gratuitas no restaurante. O foco das aulas são trabalhadores e executivos. O grupo pratica o inglês simulando situações de trabalho e do dia a dia, num clima descontraido em sessões de duas horas que ainda possibilitam fortalecer a rede de contatos dos alunos.
Mais um exemplo de parceria ganha ganha. Ganha o restaurante, a escola de inglês e principalmente os clientes.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Clube Amostra Grátis

O Clube Amostra Grátis é a primeira loja grátis da América Latina. O Clube oferece um pouco de tudo: alimentos, bebidas, cosméticos, roupas e produtos para o lar. Várias marcas como Nestlé e Telefônica, Palmolive e outras irão oferecer produtos recém lançados a custo zero. O clube é uma grande pesquisa, onde o consumidor terá que se associar através do site http://www.clubeamostragratis.com.br/ , pagar R$ 50,00 e escolher os seus produtos conforme o regulamento. Em contrapartida, deverá responder a um questionário que dará as empresas um feedback em relação a cada item, apontando qualidades, defeitos, pontos positivos e negativos. Excelente idéia para executar uma pesquisa de mercado!!!

quarta-feira, 30 de junho de 2010

"A Lei Basica do Mundo Economico é a Compaixão"

Quando profere palestras a empresários e executivos sufocados pelas agruras da competição acirrada e ávidos por uma mensagem de paz, o lama mostra como os ensinamentos de Buda podem ser aplicados em atividades econômicas e no mercado de trabalho:
– A lei básica do mundo econômico é curiosamente a da compaixão. Quando uso essa palavra a reação natural das pessoas é negar isso. Mas, se uma pessoa se aproximar da sua organização e você não tiver nada para oferecer, ela vai embora. O ponto central é esse: não é o que vou ganhar em uma relação de troca, mas o que tenho a oferecer.
O empreendedor é aquele que olha de uma maneira mais ampla. Nem sempre dinheiro é o problema. Posso buscar associações com outras pessoas ou grupos. O que importa é não esperar pelos outros.”
“Essencialmente, o que você precisa ter é algo que satisfaça o outro, que traga benefícios. O ponto central é esse: não é o que vou ganhar em uma relação de troca, mas o que tenho a oferecer. Muitas pessoas pensam o contrário e acabam alijadas. Isso vale tanto para o funcionamento de um negócio quanto para o mercado de trabalho.

*Alfredo Aveline foi professor da UFRGS de física e filosofia no período de 1969 a 1994. Em 1993 recebeu o nome de Padma Samten (Padma significa lótus, e Samten, estabilização meditativa), e em dezembro de 1996 foi ordenado lama do budismo tibetano – título que significa líder, sacerdote e professor. Divide seu tempo entre afazeres do centro e palestras em empresas pelo Brasil.

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Almoço Barato no Sul!!!

O preço da refeição em restaurante no Brasil é de, em média, R$ 18,20, de acordo com pesquisa da Assert. Entre as regiões do país, a refeição mais cara está no Sudeste e no Centro-Oeste, onde custa em média R$ 19,10, seguida pelo Norte, onde custa R$ 16,90; as refeições são mais baratas no Nordeste (R$ 15,60) e no Sul (R$ 15,40). Das 22 cidades pesquisadas pela Assert, a que tem a refeição mais cara é Santos (SP), onde comer fora de casa custa em média R$ 20,80. As refeições mais baratas estão em Campo Grande (R$ 11,50) e Blumenau (R$ 12,40). O estudo, conduzido pelo Instituto Análise entre os dias 23 de novembro e 18 de dezembro de 2009, foi realizado com base em 3.224 entrevistas com donos ou responsáveis pelos estabelecimentos comerciais.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Usando a Internet para divulgar a sua empresa!

Existem várias maneiras de utilizar a internet como ferramenta para divulgar o seu restaurante, padaria, lancheria ou bar. Uma delas é inserir gratuitamente vídeos sobre a sua empresa em sites como You Tube ou Google Vídeo. Que tal mostrar a sua cozinha, a sua área de produção, o preparo de alguns produtos, mostrar como a sua empresa cuida da segurança no preparo de alimentos ou divulgar as suas receitas??? Utilizar sites como Orkut, Facebook e Twitter permite que a sua empresa interaja com os consumidores sem gastar um tostão. Você pode saber quais dos seus produtos e serviços fazem mais sucesso, divulgá-los para os consumidores e estimular que eles dêem a sua opinião sobre o seu negócio. Utilizado com cuidado, o bom e velho email também é uma boa opção. Para ser eficiente, uma campanha de e-mail deve levar em conta o perfil do público-alvo e, com uso de muita criatividade chamar a atenção do consumidor, claro, sem nunca abusar da paciência. Você já pensou em como estas ferramentas podem ajudar na divulgação da sua empresa? Comece a planejar agora mesmo as suas estratégias de marketing e não esqueça de incluir a internet!!!

sexta-feira, 16 de abril de 2010

1ª Pesquisa de Conjuntura Econômica do setor de restaurantes

A Assoc. Nacional dos Restaurantes divulgou na terça-feira (30/3) a 1ª Pesquisa de Conjuntura Econômica do setor de restaurantes no Brasil. O setor, que engloba 2 milhões de estabelecimentos e emprega 6 milhões de pessoas, movimentou R$ 65,2 bilhões em 2009. Houve crescimento de 13,8% de 2007 para 2008. A pesquisa dividiu os estabelecimentos em restaurantes independentes (22%), redes independentes (22%) e redes de franquias (56%). Os restaurantes independentes têm preço médio de refeição mais alto, de R$ 69 a R$ 73 e, de 2008 para 2009, tiveram queda de 8,3% no público. Como resultado desse movimento, redes independentes, com preço médio de R$ 42 a R$ 44, e redes de franquias, média de R$ 16 a R$ 17 por refeição, tiveram aumento de faturamento de 9,7% e 8,5%, respectivamente, mostrando a migração dos clientes para refeições mais baratas e reforçando a idéia de que houve desaceleração nos negócios por causa da crise. Também houve queda de 5,4% no número de funcionários. A notícia boa é que 94,4% dos pesquisados afirmaram querer aumentar os investimentos em 2010. Por último, o estudo indagou qual era o maior desafio dos restaurantes. O maior de todos é o custo da matéria-prima. Os encargos tributários ocupam o segundo lugar na preocupação dos empresários, e em terceiro ficam os custos trabalhistas.

domingo, 21 de março de 2010

Retorno...

Neste momento estou sentado no aeroporto de Londres esperando a hora do embarque de volta pra casa. Depois de um ano vivendo fora do Brasil, a emoçao é grande. Saudade da familia, dos amigos, do trabalho e das pequenas coisas da "vida em casa".
Nos ultimos meses consegui viajar bastante, conheci pessoas e culturas diferentes visitando paises que nunca tinha imaginado ir. A comparacao do nosso pais com os outros é inevitavel e alguns pensamentos como "no Brasil isso podia funcionar assim" ou "isso no Brasil é muito melhor" foram inevitaveis. Nao foram poucas as vezes que quando disse ser brasileiro o pessoal fez festa e logo perguntava sobre futebol (sem duvida o nosso segundo nome), citando os nossos ilustres Ronaldinho, Kaka e Robinho. Outros perguntavam tambem sobre o carnaval e alguns até citaram os lutadores de MMA (vale tudo) Wanderlei Silva e Vitor Belfort.
Mas o que mais me impressionou foi a expectativa de todos com as Olimpiadas de 2016 no Rio de Janeiro.
O mundo estará de olho em nós pelos próximos anos e o resultado, tanto positivo quando negativo, deste evento terá um grandioso impacto em vários aspectos da vida de todos os brasileiros.
É o momento da verdade.
Será que estaremos prontos para entregar o produto?

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Pequenas empresas grandes empregadoras!

Segundo pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Economica Aplicada (Ipea) divulgada na ultima quinta (04/02/2010), as pequenas empresas foram as responsaveis pela grande maioria dos empregos gerados nos últimos 10 anos. De acordo com o estudo, entre 1998 e 2008, a cada 3 empregos gerados na iniciativa privada nao agricola 2 eram em micro e pequenas empresas (Mpe`s). O estudo confirma que 54.4% de todos os postos de trabalho estao nas Mpe`s.
O setor de comercio, alimentaçao e alojamento foi o principal gerador de empregos, sendo responsavel por 45% dos postos de trabalho.
O levantamento tambem aponta que até 2020 ha possibilidade de geraçao de 19.3 milhoes de vagas no setor nao agricola, sendo mais da metade nas Mpe`s. Por isso, as politicas publicas devem cada vez mais levar em consideraçao a importancia dos pequenos empreendimentos, como mostra o estudo.
É o que todos nós esperamos ansiosamente.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Picolé de Caipirinha

Durante o congresso Madri Fusion que esta acontecendo na Espanha, o renomado chef espanhol Ferran Adria apresentou um aperitivo que é um "picolé de caipirinha". O aperitivo é vendido no restaurante de Adria, o El Bulli que a quatro anos consecutivos é escolhido pela revista Restaurant Magazine como o melhor do mundo. No El bulli o preço médio de um jantar individual nao sai por menos de 300 euros. A outra novidade anunciada por Adria é o fechamento do restaurante nos próximos anos. Durante este período, o estabelecimento vai se transformar em um laboratório de pesquisa da alta cozinha. A idéia de Adria é reabrir o restaurante em 2012, quando a empresa completa 50 anos, segundo o chef "o momento exige novos desafios para encerrar um ciclo e começar outro".

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Uma das lojas mais rentáveis do mundo!!!

Nestes oito meses que estou em Londres, nenhuma outra loja me chamou mais a atenção do que a Apple Store. A loja é um grande ponto de encontro dos clientes/fãs/seguidores/admiradores da marca Apple. Na loja é possível conhecer os novos produtos, testar os aparelhos, navegar e usar pelo tempo que for preciso, sem que um vendedor ou segurança faça cara feia. Com um conceito diferenciado e interativo onde o cliente se sente totalmente em casa, não é a toa que a loja é a mais rentável entre todo o comércio da capital da Inglaterra.

O faturamento é de mais de 60 milhões de libras por ano. A loja tem tanto sucesso que mudou totalmente o perfil do comércio da Regent Street, rua onde ela esta instalada. Ha cinco anos atrás quando a loja iniciou a sua operação a rua era composta por pequenas lojas de roupas, bancos e agências de viagens. Hoje, a rua abriga lojas de marcas poderosas como a Ferrari, Calvin Klein, Guess, Armani, Nat, Geographic, entre outras.


Quem não conhece, vale a pena: http://www.apple.com/

terça-feira, 17 de novembro de 2009

O Brasil decola!!!

Uma das mais importantes revistas de negócios da Inglaterra a The Economist, traz o Brasil como matéria de capa desta semana. Com o título "Brazil takes off (O Brasil decola)" a revista destaca que o nosso país caminha para ser uma das cinco maiores economias do mundo, ao lado da China, Eua, India e Japão e que apesar da crise financeira que tem balançado o mundo, no Brasl seguem os acontecimentos positivos.
A publicação chama a atenção ao fato de que há muitos anos o Brasil é uma grande promessa com enorme potencial e que finalmente o país começa a entregar resultados consistentes.
A matéria também destaca que as frequentes crises que o país atravessou ajudaram a fortalecer as empresas, aborda os investimentos estrangeiros que estão chegando e como as empresas brasileiras estão atuando no mercado internacional. A publicação mostra um especial interesse no comportamento de um grande mercado: a nova e em crescimento classe média brasileira, que segundo a publicação, quer luxo e conforto agora mesmo, principalmente pela influencia das novelas.

Sem dúvidas, a copa do mundo de 2014 e as olimpiadas de 2016 chamaram os holofotes para o nosso país, agora não da pra fazer feio.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Super Baguete no Dia Mundial do Pão


No dia 16 de outubro, dia mundial do pão, a comemoração será grande em Canoas municipio vizinho de Porto Alegre. Além de festejar o dia mundial do pão, será comemorado também o aniversário de 70 anos do municipio.
Para a festa, os panificadores da cidade, liderados pelos empreendedores e "agitadores" Ocimar e Santana, produzirão um baguete gigante com 70 metros!!! A medida do super baguete será de 8cm x 8cm x 100 mts. Serão utilizados na produção do pão mais de 100kg de farinha, 3 kg de fermento, 2 kg de açucar, 2 kg de sal, 160 lt de agua. Para o recheio, cobertura e decoração serão usados 100 kg de mortadela, 100kg de queijo, 50kg de tomate, 50 un de alface, 5 kg de azeitona, 5 kg de cereja e 1400 palitos. O baguete será assado em tonéis utilizando carvão.

Parabéns ao municipio de Canoas, aos empresários panificadores da cidade e a todos os panificadores e apreciadores do pão nosso de cada dia espalhados pelo mundo!!!

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Resultado da Enquete

Obrigado aos mais de 130 leitores do SIRVA SE que responderam a enquete!!!
Com o resultado, onde 75% dos visitantes sao futuros empreendedores, vou tentar cada vez mais trazer ideias novas que contribuam com a estruturacao e o desenvolvimento de novas empresas.

um grande abraco!
Roger

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Comida no Escuro

O Dans le Noir? (no escuro?) eh um restaurante bem diferente que funciona aqui em Londres. A proposta eh uma verdadeira experiência culinária sensorial, comer e beber na mais completa escuridao. Pode parecer maluquice, mas o restaurante pretende ajudar os clientes a explorarem os seus sentidos (fora a visao). Com a ajuda de guias que sao cegos, eles garantem que a experiencia vai fazer voce reavaliar completamente a noção de gosto e cheiro através de um processo gastronômico e pedagógico.
Ainda nao fui la, mas vou com certeza e conto como foi a minha experiencia...


terça-feira, 11 de agosto de 2009

Pequenas empresas em férias?!?!?!

Aqui na Inglaterra estamos em período de férias de verão. Algo como o mês de Janeiro no Brasil. Férias escolares, muitos turistas e algumas empresas fechadas (?!?!?!?!). No bairro onde moro, o que me chamou a atenção foi a quantidade de empresas fechadas com uma placa na porta informando "Estamos em férias, voltamos dia tal...". A grande maioria destas empresas são de micro e pequeno porte e praticamente 80% são restaurantes, bares, padarias e mini mercados. Nos projetos que trabalhei, lembro de poucas empresas que fecham e todos (inclusive os proprietários) saem de férias.
Será que os empresários das pequenas empresas daqui planejam melhor ou simplesmente fecham as portas sem se importar com o que vai acontecer?
Sem dúvida o nosso ambiente empresarial no Brasil é mais hostil, mas acho que os empresarios brasileiros deveriam se preocupar mais com a sua qualidade de vida. E para conseguir isso, mais uma vez, PLANEJAR é preciso...

O que você acha???

terça-feira, 14 de julho de 2009

Festival de Restaurantes

De 8 a 13 de Outubro acontecerá a primeira edição do London Restaurant Festival. O evento pretende atrair clientes para os restaurantes participantes em meio ao que os organizadores chamam do "mais dificil cenário dos últimos 20 anos". O evento estimula que os restaurantes criem menus especiais para o evento e que 0 valor cobrado seja de 10, 15 e 20 libras para o almoço e 15, 25 e 40 para o jantar. O prefeito de Londres é o grande incentivador do festival e reconhece a grande importância do setor para a economia da cidade. Algumas ações ajudarão a fortalecer o festival como a festa de abertura que acontecerá no dia 8 de outubro para 35o convidados especiais. Um ônibus turistico vai circular pela cidade na "The Gourmet Odyssey" possibilitando que os convidados possam saborear a entrada em um restaurante, o prato principal em outro e a sobremesa em um terceiro. No sabado (10 de outubro) acontecerá um roteiro especial onde os convidados serão recepcionados com champagne. Também acontecerão diversas palestras sobre gastronomia e serão exibidos filmes com temas ligados a gastronomia, restaurantes, bebidas e comidas em salas de cinemas parceiras do festival, além de uma competição sobre conhecimento em gastronomia entre os chefs americanos e ingleses. Além disso, 60 felizardos vão desfrutar de um jantar a luz de velas que será servido na London Eye (a roda gigante de onde é possivel visualizar praticamente toda a cidade) e na festa de encerramento serão premiados os melhores restaurantes com os melhores menus.

Mais informações no site: http://www.londonrestaurantfestival.com/

domingo, 5 de julho de 2009

Hotel no centro de Londres terá seu próprio mel

O hotel quatro estrelas The Royal Lancaster vai abrigar meio milhão de abelhas produtoras de mel. O projeto do hotel é a partir do próximo mes instalar caixas de abelha no terraço do prédio. Toda a equipe do hotel será treinada para lidar com as abelhas e os hospedes poderão desfrutar do mel fresco coletado diretamente das coolméias do hotel. O mel também será utilizado nos pratos do restaurante do hotel, o Island. Segundo a direção, a ação além de beneficiar os clientes, tem como objetivo contribuir para a manutenção das abelhas melíferas. A empresa está preocupada com a redução do número de abelhas melíferas e com o respectivo impacto negativo causado na produção de alimentos.
Ótima iniciativa, o que você acha???

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Modelos Interessantes

Dois modelos de negócio, que eu antes de vir pra Inglaterra não conhecia, me chamaram muito a atenção. Um é o StreetCar, que é um modelo de locadora de veículos bem diferente das tradicionais. A empresa funciona como um clube, onde o associado usa a internet para agendar o uso do veículo e paga por hora de uso. O diferencial é que existem 700 pontos onde o assiociado pode pegar e largar o veículo. É possível agendar com 6 meses ou até 30 minutos de antecedência, ir até algum carro estacionado, usar e devolver em algum outro ponto.
O outro modelo é a Argos. É um mix de venda por catálogo, e-commerce e varejo. O site é ótimo, as lojas tem uma área pequena sem vendedores, apenas catálogos onde o cliente pode pesquisar os itens de interesse, anotar o código, verificar se existe em estoque, pagar no auto-atendimento (ou ficar na fila nos poucos caixas que existem) e retirar no setor de expedição. É possível fazer todo o processo de compra sem interagir com ninguém. A vantagem? O preço é ótimo, os produtos são de qualidade e o processo é rápido.
Visite os sites:
http://www.streetcar.co.uk/
http://www.argos.co.uk/

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Real Bread Campaign

A Real Bread Campaign é uma das campanhas organizadas pela ONG inglesa Sustain. Esta entidade defende políticas e normas diferenciadas para a venda e produção de alimentos. Eles entendem que o consumo dos alimentos e a sua produção, não devem prejudicar a saúde e o bem estar das pessoas e dos animais. A principio parece algo simples, mas todos sabemos que muitas industrias de alimentos, não produzem alimentos nestas condições.
A Real Bread Campaign divulga a importancia do pão como alimento essencial na dieta dos ingleses e "bate" nas grandes industrias que utilizam caras campanhas publicitárias para vender produtos de baixo valor nutricional. Esta campanha é aberta a todas pequenas padarias da Inglaterra que atenderem aos seguintes critérios de produção para os seus pães:
- Utilizar apenas farinha, agua, levedura/fermento e sal (opcional);
- Não utilizar aditivos, melhoradores, enzimas e outros produtos quimicos;
- Deve ser fermentado por no mínimo quatro horas;
- Utilizar outros produtos naturais na sua composição como frutas, vegetais, castanhas e gorduras naturais que não contenham aditivos quimicos;
- Existem outras normas neste sentido...

O site da campanha é: http://www.realbreadcampaign.org/

O que você acha desta iniciativa?

Seria possível algo parecido no Brasil? O nosso mercado está maduro suficiente para pagar mais por este tipo de produto?
Coloque o seu comentário e ajude a evoluirmos neste assunto!

terça-feira, 19 de maio de 2009

English Breakfast - o café da manhã dos ingleses


O English Breakfast é o prato preferido do café da manhã dos ingleses. Ele é tão apreciado que existem pequenos restaurantes que são especializados e servem, não só pela manhã, mas o dia todo várias opções dele. O full English Breakfast é composto por bacon, salsichas, ovo, cogumelo, tomate e purê de batata (todos fritos!!!), feijão assado com molho de tomate e pão. Existem algumas variações vegetarianas e outras que incluem panquecas, cebola e batata frita, mas a original é esta.

Depois de provar em um restaurante especializado, tentei reproduzir em casa...segue a foto, até que não ficou tão feio.

O que vocês acham?

Teria coragem de experimentar?

sábado, 25 de abril de 2009

CROUCH END PROJECT

Crouch End é o nome da localidade onde estou morando. É um bairro residencial no norte de Londres que por não ter uma estação de metro, tem um comércio local bem forte. Por aqui temos academias, livrarias, correio, lojas de roupa, celular, eletrônicos e muitos restaurantes, pubs e minimercados. As empresas e lideranças daqui criaram o CROUCH END PROJECT. É um projeto semelhante aos que o Sebrae desenvolve em alguns locais com grande concetração de pequenas empresas do varejo. O CROUCH END PROJECT tem um cartão de benefícios que é distribuito gratuitamente para os clientes (que em contra partida dão os seus dados). Os benefícios dados aos clientes variam de empresa para empresa, algumas dão brinde, outras desconto e outras alguma surpresa para o cliente. Além do cartão, o projeto desenvolve informativos do bairro, campanhas promocionais (natal e outras datas festivas) e promove um festival de música que divulga o nome do bairro e o comércio.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Vamos ajudar a Neusa?

Pessoal, recebi este post da Neusa que leu o post sobre os marmiteiros da India e está querendo iniciar uma empresa de fornecimento de alimentos prontos. Vejam abaixo:
OLÁ ROGER,TUDO BEM!
EU, GOSTEI MUITO DE SEU BLOGGER, E GOSTARIA DE COMEÇAR A FAZER MARMITEX. ESTAVA PROCURANDO POR ORIENTACÕES,S ERA QUE PODERIA ME ENVIAR POR E-MAIL ALGUMAS DICAS. SEI QUE, SEU BLOGGER É PARA MEDIOS E GRANDES EMPRESARIOS,MAS EU,PRECISO DESSE CUNHO DE ALGUEM QUE TENHA VISÃO AMPLA PARA PEQUENOS NEGOCIOS. ASSIM POSSO TER CONFIANÇA EM SEGUIR DENTRO DE UMA REALIDADE BEM INTELECTUAL. POR SER UMA AUTONOMA, DEVO CANALISAR A MINHA REALIDADE POR PESSOAS COM SEU PERFIL.
OBRIGADO PELA SUA ATENÇÃO.
Postado por NEUSA FERREIRA DE ABREU VIANNA

Neusa,
independente do porte da empresa é muito imporante planejar. Coloque no papel todas as informações dos clientes que vocês pretende atender (de quem eles compram hoje, quanto compram, que tipo de produtos, quanto pagam...etc) e também os números do seu negócio (quanto vais investir pra iniciar, quanto precisa de dinheiro no caixa pra comprar matéria prima e fazer o negócio girar no dia a dia, quanto vai ter de "poupança" para os imprevistos, quantas pessoas precisa para te ajudar e quanto vai pagar pra elas, quanto vai custar a refeição???, etc...). Colocando tudo isso no papel, é possivel analisar se o negócio tem chance de dar certo ou não...claro, sem levar em consideração o conhecimento técnico do setor (preparo de alimentos, receitas, medidas, segurança alimentar, entre outros) e as "regras do jogo" (registros, impostos, direitos e deveres do proprietário de uma pequena empresa) que é fundamental.

Pessoal, que dicas vocês podem dar para a Neusa?
Como foi o início de vocês?
Que situações vocês passaram que a Neusa deve evitar para iniciar da melhor forma possível???
O que você faria diferente se fosse iniciar de novo?

Postem dicas, sugestões, ou me mandem por email, vamos ajudar a Neusa!!!

sábado, 18 de abril de 2009

Cantina Grega

Resolvemos visitar uma cantina tradicional grega já que nenhum de nós tinha experimentado antes.
O nome da cantina é Yiasousa. Pedimos uma Moussaka que é um dos pratos mais conhecidos da cozinnha grega. Uma espécie de lasanha com a primeira camada de carne moida, seguida de batata, beringela molho de tomate e na última camada um tipo de soufle de queijo.
Muito bom!
A foto é da Moussaka que nos serviram.

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Pancho multinacional

Fazer um simples cachorro quente valeu como exercício pra conhecer a variedade de ingredientes de outros países que estão disponíveis em qualquer mini mercado de bairro. Não que isso seja alguma vantagem, mas é que a grande maioria dos alimentos são importados e o meu cachorro que era pra ser estilo "pancho uruguaio" acabou se transformando num mutante multinacional...
Ele levou pão da alemanha, salsicha polonesa, queijo e mostarda americanos e katchup de malta. Ahhh, e o cozinheiro brasileiro é claro!

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Sozinho é mais difícil

Quando se pensa em Londres é impossivel não associar aos Pubs e as cervejas servidas neles. O Pub é como a extensão da casa dos ingleses. Neles, eles tomam café da manhã, almoçam, jantam com os filhos, pais, avós e assistem aos jogos de futebol. Existem muitos Pubs e estão quase sempre todos cheios. Mesmo assim, os Pubs possuem uma associação que promove roteiros, festivais (de 15/04 a 05/05 acontece o International Real Ale Festival), informativos e principalmente estimula a vida social e o consumo das cervejas locais nestes estabelecimentos. A maioria dos Pubs são pequenas empresas familiares, com problemas semelhantes aos nossos, mas é inquestionável que o associativismo entre as pequenas empresas é fundamental também para eles, afinal nem mesmo os Pubs de Londres tem sucesso garantido.

domingo, 29 de março de 2009

Sirva-se na Inglaterra!

A partir de abril escreverei o Sirva-se! direto da Inglaterra. Nos próximos 12 meses estarei morando em Londres e vou tentar mandar novidades, informações, dicas e curiosidades sobre o setor de alimentação fora do lar.
Vamos manter contato!

abraços
Roger

segunda-feira, 9 de março de 2009

Enquete

Apenas 35% dos empresários que votaram na enquete deste blog acham que suas vendas estão menores. 35% acham que as vendas estão iguais e 29% tiveram aumento de vendas nas suas empresas. Da pra dizer que aproximadamente 65% dos empresários estão em situação igual ou melhor que em 2008. Tenho ouvido muito a palavra "crise", mas na prática acho que as micro e pequenas empresas do setor de alimentação fora do lar ainda não foram afetadas.
O empreendedor brasileiro já está totalmente adaptado a administrar na crise, acho que é por isso que não colocaram esta cadeira na faculdade de administração de empresas. Qual será a nova variável que se apresentará no nosso turbulento cenário?
Aumento de custos, falta de mão de obra, insegurança e falta de crédito??? Isso não é novidade.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Ensinamentos budistas para o mundo corporativo

Muito legais os vídeos do Lama Padma Santem, com ensinamentos budistas para o mundo corporativo. São seis pequenos vídeos que falam sobre crise, mudanças, relacionamentos, missão, visão e sobre a importância da comunicação. Sobre a comunicação, me chamou muito a atenção a fala do Lama sobre o desafio de fazer com que todos colaboradores sintam que as suas atividades são relevantes para a empresa e que principalmente tenham sentido no mundo. Parece muito simples, mas tornar esse ponto algo efetivo dentro das empresas pode ser bem trabalhoso, mas de resultado inquestionavel.
Na visão dele, em uma empresa, todos devem ser beneficiados de fato (proprietário, sócios, funcionários, fornecedores, clientes, parceiros, sociedade....) para que a empresa se posicione de uma forma diferenciada.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

E as vendas?

Nesta época em que só se fala em crise, tenho conversado com alguns empresários para saber como anda o movimento de clientes. Alguns tem sinalizado que as vendas realmente cairam comparando com o mesmo período do ano passado. A maioria tem dito que as vendas estão iguais, ou que superaram o ano anterior. Uma matéria recente da BBC (http://www.bbc.co.uk/portuguese/multimedia/2009/02/090212_junkfood2.shtml) fala sobre o aumento de vendas nos fast food americanos, em contra partida a redução das vendas de produtos orgânicos e outras opções mais saudáveis e mais caras. Mencionam que o resultado desta troca pode ser uma "crise nutricional" na populãção.
Acho que nesse momento se encaixa aquele velho ditado: "Uns choram , outros vendem lenço".

E na sua empresa, como estão as vendas?

Responda a pesquisa do blog e contribua com esta informação!

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Pague quanto quiser!

Alguns restaurantes já começaram a implementar estratégias diferenciadas para enfrentar o novo momento da economia. O restaurante Little Bay, de Londres decidiu que os clientes podem comer de graça ou pagar apenas o que acham justo. Os clientes só vão pagar obrigatoriamente pelas bebidas. Os preços da comida e do serviço desapareceram do menu. O dono do restaurante diz que os clientes podem pagar R$ 165 pela refeição ou nada, e tudo bem, ele garante que todos serão tratados do mesmo jeito. Ele diz que a “jogada” não é um ato de desespero, mas sim uma promoção. Outros restaurantes de Londres estão oferecendo jantar para dois pelo preço de um. Alguns estão enviando vouchers com descontos para clientes cadastrados. Segundo especialistas, a promoção do Little Bay vai fazer muito sucesso e o dono não vai perder dinheiro. Para eles, a maioria dos ingleses ficaria muito sem jeito de sair sem pagar, então certamente vão fazer dinheiro, nem que seja com as bebidas. No nosso caso, acho a maioria dos clientes não ficaria nem um pouco sem jeito de fazer uma bela refeição e sair tranqüilamente sem pagar, mas fica o exemplo de como usar a criatividade para driblar uma possível queda de vendas.

SIRVA SE! Como abrir, iniciar, montar, gerenciar, restaurante, padaria, bar, empresa, lucro